Google– ou –

PLC 5384-2013

Exigirá um número mínimo de mulheres nas listas de candidatos dos partidos e coligações que vão assumir as vagas contempladas nas eleições proporcionais.

Este projeto de lei visa mudar a regra que define quais candidatos de cada partido ou coligação vão assumir as vagas contempladas nas eleições proporcionais.

O preenchimento das vagas ocorrerá da seguinte forma:

Se o partido ou coligação tiver direito a 3 vagas, e as duas primeiras forem ocupadas por homens, a terceira vaga deverá ser ocupada por uma mulher;

Respeitando-se a regra anterior, se quatro dos cinco primeiras vagas forem preenchidas por

candidatos homens e houver uma sexta vaga por preencher, ela será preenchido por candidata mulher;

Respeitando-se as regras anteriores,se seis dos oito primeiros lugares forem preenchidos por

candidatos homens e houver um nono lugar por preencher, ele será preenchido por candidata mulher;

Respeitando-se as regras anteriores, se oito dos onze primeiros lugares forem

preenchidos por candidatos homens e houver um 12º lugar por preencher, ele será preenchido por

candidata mulher;

A cada três lugares a mais com que o partido ou coligação for contemplado, repetir-se-á a operação prevista nos incisos anteriores.

Segundo a deputada, é necessário criar uma norma que assegure o aumento da participação feminina nas casas de representação política, transformando as listas de candidaturas em listas preordenadas. Para ele, esta proposta impede que partidos ou coligações elejam um número significativo de parlamentares para a mesma casa legislativa sem que se incluam entre esses parlamentares ao menos algumas mulheres. 

Votos dos cidadãos

8.163 votos, 2.719 sim, 5.444 não

Filtrar gráficos

MasculinoFeminino

Classificação do cidadão para este projeto

671 classificações
9%
7%
5%
3%
15%
61%

426 comentários

455379171317476

Miguel Souza Dias

feminismo é o meu ovo

Square user masculino 418e2740fbf94a752b1882289354031b2dca271aa357d27789dd68e5c9a344c0

Danilo Silva

Façam por merecer

405853629609051

Igor Arthur

Não se julga um indivíduo como apto a algo, ou não, através do sexo e sim através de sua capacidade intelectual. Isso é sexismo.

1752333781688386

Pedro Ferreira

Óbvio que não!

950116335134435

Via Thomaz

NÃO - Sem eleições proporcionais! Isto é manobra política de falta de voto legal, uma vez que concebido por políticos inescrupulosos!!!

10154336983193714

Claudio Franco

Discriminação.

512578738924421

Walter Bellianin

descriminatório

Square user masculino 418e2740fbf94a752b1882289354031b2dca271aa357d27789dd68e5c9a344c0

Sabrina Moreira

isso é Favoritismo não é igualdade ou merecimento

Square user masculino 418e2740fbf94a752b1882289354031b2dca271aa357d27789dd68e5c9a344c0

Reginaldo Trindade

Pra que isso, as mulheres se candidatam se elas quiserem. E outra coisa, se as mulheres querem direitos iguais, também tem que ter os deveres iguais.

813116105474083

Andressa Gabrieli

Já estamos cansadas que decisões sobre direito das mulheres sejam tomadas por homens.

813116105474083

Andressa Gabrieli

Menos de 10% de mulheres parlamentares no congresso é um absurdo!

1114607779

Helio Moraes

Não as cotas!

Square user masculino 418e2740fbf94a752b1882289354031b2dca271aa357d27789dd68e5c9a344c0

Bruna Bolson

Muito bom! Incentiva a participação das mulheres na política, que não ocorre porquê pelo senso comum lugar de mulher é exercendo atividades de menor importância. Ou quando se interessam pela política, são segregadas dentro de seus proprios partidos, perdendo espaço para os homens.

Square user masculino 418e2740fbf94a752b1882289354031b2dca271aa357d27789dd68e5c9a344c0

marcus daishimogi

nao vai mudar se aumentar o numero de mulheres na politica se o brasil esta uma porcaria ainda se essas mulheres se candidatarem quem nem no governo da dilma que em vez de melhor o brasil so fez aumentar a violencia e ter bandido solto fasendo o que querem , deixando o povo mais pobre mais tambem a culpa e do povo que nao investigaram a vida da dilma que ela é terrosrista sao bando de otarios.

709874949114282

Viviane Santos

O problema não é esse. Se forem os candidatos eu concordo, não concordo é em porcentagem de eleitos. Muitos partidos não colocam mulheres para concorrer as eleições, ou colocam um número simbólico.

116031855434807

Clara Beatriz

Nós queremos ter a liberdade de escolher os candidatos que quisermos!

100000638652703

Eduardo Erler

ESSA IDEIA NÃO PASSA DE UMA ABERRAÇÃO SUBVERSIVA! Vai criar consciência, não é culpa dos homens que nem as mulheres votem nelas mesmas! Não existe diferença entre um candidato de sexo diferente do de outro,l a diferença está na pessoa!

Square user masculino 418e2740fbf94a752b1882289354031b2dca271aa357d27789dd68e5c9a344c0

herivelto dos reis moreira

Voto não, pois para ser politiqueiras(os), não há que haver privilégios de Leis...

Square user masculino 418e2740fbf94a752b1882289354031b2dca271aa357d27789dd68e5c9a344c0

Lincoln Wolfgang Sauer

Mais uma vez papagaiada. Meu voto vai pra quem tem capacidade de gerir os negócios do estado, independente do sexo.

100000035308123

Artur De Meiras Mucci

se por um acaso não tem mulheres no poder... será q é pq elas não querem? eu já participei do meio político... com esse negócio de cota mínima de mulher no partido, os partidos ficam correndo atrás das mulheres pra faze-las candidatarem-se(enchendo o saco)

Carregar mais comentários