Google– ou –
Roberto Balestra
Deputado • 8˚ mandato • Goiás

Roberto Balestra

Pp 761ad75732de80070fff68d27f6cb1566671e9a3cc60986e6fde0733ee92eef2PP - Partido Progressista

4 projetos cadastrados

0 aprovados, 0 reprovados

Votos em 90 projetos

76 sim, 14 não

Ranking
  • Marcelo Matos
    234º
  • Celso Jacob
    235º
  • Roberto Balestra
    236º
  • Damião Feliciano
    237º
  • Pastor Eurico
    238º

Aceitação Geral

22.306 votos

6.114 sim

16.192 não

Total de comentários

1.316

Classificação Geral

Urgente
21%
Relevante
10%
Corajoso
7%
Inviável
4%
Irrelevante
10%
Sem noção
48%
Twitter:

DepBalestra

Biografia +
Naturalidade: Inhumas, GO Profissões: Agropecuarista, Industrial, Advogado, Comerciante e Técnico em Laticínios Mandatos Eletivos: Deputado Federal (Constituinte), 1987-1991 (Goiás – PDC); Deputado Federal (Congresso Revisor), 1991-1995 (Goiás – PDC); Deputado Federal, 1995-1999 (Goiás – PPR); Deputado Federal, 1999-2003 (Goiás – PPB); Deputado Federal, 2003-2007 (Goiás – PPB); Deputado Federal, 2007-2011 (Goiás – PP); Deputado Federal, 2011-2015 (Goiás – PPB). Filiações Partidárias: ARENA, 1966-1979; PDS, 1980-1985; PDC, 1986-1993; PPR, 1993-1995; PPB, 1995-2003; PP, 2003-. Atividades Partidárias: Segundo-Tesoureiro, Comissão Executiva Nacional do PDC, 1989; Líder, PDC, 1989-1990; Vice-Líder, PPR, 1995; Vice-Líder, PPB, 1995-1998; Vice-Líder do Bloco PPB/PL,1996-1997; Vice-Líder, PP, 2006-31/1/2007, 8/3/2007-26/8/2009. Atividades Parlamentares: Assembléia Nacional Constituinte, Câmara dos Deputados: Comissões Permanentes e Comissões Especiais, Conselhos, Frentes e Grupos Parlamentares.

Permitirá a candidatura de políticos que tiveram contas de campanha anteriores reprovadas pela Justiça Eleitoral.

Proposto pelo deputado
Roberto Balestra do PP

Impedirá o Estado de interferir nos atos litúrgicos das igrejas.

Proposto por 38 deputados
Antonio Carlos Biffi do PT

Aureo do SD

Incluirá nos Códigos Penal e de Processo Penal a perda, em favor da União, de bens ou objetos em caso de crimes contra o patrimônio.

Proposto pelo deputado
Roberto Balestra do PP