Google– ou –
Jair Bolsonaro
Deputado • 7˚ mandato • Rio de Janeiro

Jair Bolsonaro

Psc 2dc5938c412f8f973523943127ba6c85f95493726a8fbdd55aa7013ab5f4a441PSC - Partido Social Cristão

9 projetos cadastrados

1 aprovado, 0 reprovados

Votos em 75 projetos

54 sim, 21 não

Ranking
  • Hugo Leal
    132º
  • Jean Wyllys
    133º
  • Jair Bolsonaro
    134º
  • Marcelo Aro
    135º
  • Vinicius Gurgel
    136º

Aceitação Geral

122.596 votos

81.286 sim

41.310 não

Total de comentários

3.698

Classificação Geral

Urgente
60%
Relevante
5%
Corajoso
9%
Inviável
2%
Irrelevante
4%
Sem noção
20%
Twitter:

DepBolsonaro

Biografia +
Naturalidade: Campinas, SP Profissões: Militar Mandatos Eletivos: Vereador (Constituinte), 1989-1991 (Rio de Janeiro, RJ – PDC); Deputado Federal (Congresso Revisor), 1991-1995 (Rio de Janeiro – PDC); Deputado Federal, 1995-1999 (Rio de Janeiro – PPR); Deputado Federal, 1999-2003 (Rio de Janeiro – PPB); Deputado Federal, 2003-2007 (Rio de Janeiro – PPB); Deputado Federal, 2007-2011 (Rio de Janeiro – PP); Deputado Federal, 2011-2015 (Rio de Janeiro - PP); Filiações Partidárias: PDC, 1989-1993; PP, 1993; PPR, 1993-1995; PPB, 1995-2003; PTB, 2003-2005; PFL, 2005; PP, 2005-. Atividades Partidárias: Líder do PDC, 1989; Vice-Líder do PDC, 1991. Atividades Parlamentares: Câmaras Municipais, Assembléias Legislativas e Câmara Legislativa do DF, Congresso Nacional: Comissões Mistas, Câmara dos Deputados: Comissões Permanentes, Comissões Especiais, Comissões Externas.

Acabará com a punição para quem cometer atos contra invasores e assaltantes dentro de sua própria casa.

Proposto pelo deputado
Jair Bolsonaro do PSC

Proibirá o porte de arma de fogo para os agentes de fiscalização ambiental.

Proposto pelo deputado
Jair Bolsonaro do PSC

Incluirá os crimes passionais de homicídios na lista de crimes hediondos, tornando mais rigorosas as penas para quem cometer esses atos.

Proposto pelo deputado
Jair Bolsonaro do PSC

Dobrará o número de pontos a ser atingido para suspensão da carteira de motorista.

Proposto pelo deputado
Jair Bolsonaro do PSC